Informações para a Prova | Classificação da ProvaFotos

Local: Kartódromo Speedway Balneário Camboriú;

Endereço: Margens da BR-101

Telefone: (47) 9283 - 7856;

Data: Sábado - 03/10/2015;

Horário: 15:00h;

   

Resumo:

O Kartbrasc voltou a se reunir no Kartódromo de Balneário Camboriú, estreia do circuito no campeonato. A semana foi tomada por indefinições, e foi marcada por uma frase que entrou para os anais da história, “o tempo muda o tempo todo”, com essa afirmação o líder do campeonato Salustiano Gauchão, resumiu a preocupação com as condições da pista para a 6ª Etapa do Kartbrasc. Heraldo Jatobá e Salustiano Puchawski passaram a semana divulgando as condições do tempo, por intermédio do ClimaKart, e as previsões não eram boas. Estava tudo agendado para o evento acontecer no circuito do Beto Carrero World, porém, a Direção do Kartódromo estava muito indecisa quanto a realização da prova, assim a corrida foi transferida para o recanto do piloto Andrei Montoya, Balneário Camboriú. Montoya postou nas redes sociais “sou favorito sábado!!!”. Alguns repórteres para polemizar o assunto, consultaram Genivaldo Acquaman sobre as declarações de Montoya, que respondeu “não tenho tanta certeza, quando se fala em água e cachaça, eu conheço”.

Enquanto isso, o Esporte Espetacular conseguiu uma entrevista exclusiva com o Bicampeão Mundial, líder e favorito ao título, o Japonês Supersônico, Alexandre Saito, que a partir da 5ª Etapa, abandonou a disputa em 2015. O astro alegou para a direção do Kartbrasc um stress generalizado, cobrança dos fãs, falta de privacidade nas ruas, motivos responsáveis pelo seu afastamento. Supersônico justificou: “mano, não consigo mais sair na rua sem as pessoas me conhecerem, preciso de segurança me acompanhando a cada passo, muito complicado. Agora vou me isolar com os samurais das montanhas japonesas, para recarregar a energia para os próximos campeonatos. Quem sabe assim o Gauchão ganha... HAHAHAHAHAH”, ria alto Supersônico.

Não dá para esquecer do Galo Cinza, alguns dizem, que o piloto possui uma programação na cabeça, por lembrar muito o personagem do filme Robocop, Murphy, mas isso não o abala: “sempre tive pouco cabelo”.

Quem roubou a cena nesta etapa foi Richard Jaraguá, que divulgou a todos, até o último minuto, que não iria participar da corrida, nos acréscimos, apareceu. Para Gonzalez da CNN Español, Jaraguá disse que: “vou largar pela primeira vez na primeira fila do grid, tenho grandes chances”.

Com ameaça de chuva, os heróis do Kartbrasc, entram na pista apreensivos, preservando os carros no reconhecimento de pista. O Grid de Largada foi formado com Gerson Kuzinheiro na pole; Richard Jaraguá em segundo; Cabanhas em terceiro; Heraldo Supercarros em quarto; Andrei Montoya em quinto; Salustiano Gauchão em sexto; Acquaman em sétimo; e, por último, Michel Galo Cinza em oitavo.

Carros enfileirados, apreensão do público na arquibancada, bandeira agitada, começa o grande prêmio de Balneário Camboriú. Logo na primeira curva Richard Jaraguá assume a liderança, seguido por Gerson Kuzinheiro. Segurando o pelotão, Alexandre Cabanhas, com seus incríveis 100 kg, não deixava ninguém passar, deu um chega para lá em Heraldo Supercarros, e manteve-se em terceiro lugar, até a segunda curva, uma vez que não demorou a ultrapassar Kuzinheiro. Seguindo Cabanhas estavam Andrei Montoya e Salustiano Gauchão, terceiro e quarto, respectivamente. Nisso Michel Galo Cinza, que havia largado em último, fazia uma brilhante corrida de recuperação, ocupava a quinta posição, colocando Genivaldo Acquaman e Heraldo Supercarros para últimos. Kuzinheiro estava nas posições intermediárias. Na terceira volta, Cabanhas perdeu na retomada de curva para Andrei e Gauchão, e caiu para quarto lugar. Durante quinze voltas essa foi a briga mais intensa da corrida, Montoya, Gauchão e Cabanhas, disputando milésimo por milésimo melhor colocação na pista. Mais ou menos na 15º volta, Cabanhas disputou a freada com Gauchão, escorou o kart no líder, e passou para terceiro, à caça de Montoya. Salustiano se deu mal, quase rodou, e perdeu um pouco o contato. Montoya e Cabanhas colocaram os carros lado a lado na reta principal, mas o Brusquense levou a melhor. Quando parecia que a disputa iria até o final da corrida, o carro de Cabanhas perdeu o freio, destruindo sua corrida. Assim, Gauchão ganhou a terceira posição, e Alexandre caiu para último colocado. Da 27ª volta em diante, a chuva começou a despencar em Balneário Camboriú, Richard Jaraguá permaneceu isolado na liderança, nessa altura Andrei Montoya não era mais incomodado. Salustiano perdeu o controle na curva e foi parar na BR101, por sorte não acertou ninguém. Michel Galo Cinza, como uma bailarina, na ponta dos dedos, conduzia seu Kart, na terceira posição. Genivaldo, reforçando a alcunha de Acquaman, conseguiu, mesmo com um carro péssimo, chegar em quarto. Gauchão, apesar dos problemas, e confusão na corrida, acabou a prova em quinto, seguido por Kuzinheiro e Heraldo. Em último, Alexandre Cabanhas.

Pela primeira vez no Kartbrasc, a coletiva de imprensa, não contou com a presença do Japonês Supersônico e Gauchão. Richard chegou muito emocionado no local, que não se conteve, solicitou a execução do hino de Jaraguá. O vencedor começou falando da vida difícil plantando banana em Corupá, na época que treinava com o trator na fazenda, mas que todo o esforço fora compensado por aquele momento. Montoya parabenizou o companheiro, mas ficou contente com sua atuação, que pode ter possibilitado fechar com um novo patrocinador, Chopperia Zehn Irish. Michel, entrou na sala brincando com os repórteres, imitando o Robocop, a euforia tomou conta do recinto. Galo Cinza falou da alegria em estar na coletiva, literalmente, com grandes pilotos, que está trabalhando para frequentar a coletiva mais vezes.

À noite, Gerson Kuzinheiro convidou Cabanhas, para uma recepção de gala em Joinville, desta vez, utilizando seus dotes, foi para kuzinha fazer um boi ralado. Montoya foi chamado para discutir o patrocínio com a Zehn Pub em Brusque. Demais pilotos não quiseram informar suas agendas.

 

Dessa forma, o Kartbrasc segue para sua sétima etapa, mais embolado do que nunca, com disputa em várias posições. A próxima corrida será realizada no Kartódromo de Indaial, no dia 07/11, esperamos todos lá. 

 

Classificação da Prova:

 

Posição

Piloto

Voltas

Diferença

Melhores voltas

Richard Camacho

34

 

0:42.38

Andrei Paza

34

0:24.61

0:43.29

Michel Capelezo

33

1 Lap

0:43.94

Genivaldo Viana

33

1 Lap

0:44.41

Dalviano Silveira

33

1 Lap

0:43.16

Gerson Kucarz

33

1 Lap

0:44.92

Heraldo Gesser

33

1 Lap

0:45.50

Alexandre Pires

32

2 Laps

0:42.94