Informações para a Prova | Classificação da Prova | Fotos

  Local: Kartódromo Internacional de Joinville;

  Endereço: R. Dorothovio do Nascimento, 2290 - Jd Sophia, Joinville - SC, 89223-600 (link Google Maps);

  Telefone: (47) 3467 - 1366;

  Data: Sábado - 11/04/2015;

  Horário: 17:00h;

  

  

 

 

 

Resumo:

 

A meteorologia já previa, a 2ª Etapa do Kartbrasc aconteceria em um dia maravilhoso de sol, perfeito para os líderes, uma vez que diminui a probabilidade de surpresas. As semanas que antecederam a corrida serviram de preparação para muita gente, os repórteres acompanharam toda movimentação do Japonês Supersônico, treinos diários com seu kart, participação paralela em campeonatos amadores, realmente muito empenhado neste começo de temporada. Saito filmou para o quadro “Na estrada com Galvão” do Esporte Espetacular, na cidade de Mônaco, local dos treinos, e falou para o apresentador a vida difícil que teve na infância, falou sobre seu primeiro emprego limpando peixe no mercado público de São Paulo, e sua trajetória de sucesso até o bicampeonato mundial do Kartbrasc. Heraldo Supercarros, que tinha começado a carreira na Force India, na maior transação do kartbrasc em 2015, transferiu-se por um contrato milionário para a equipe “Freio, só na Cueca”, e não está decepcionando, também está treinando forte com seu companheiro de equipe Japonês Supersônico. Os pilotos da Serra estão em preparação, Paulinho Rolimã entrou na dieta, que contratou Anderson Silva para aulas de UFC, para emagrecer mais rápido. Silva disse que “o apoio é muito importante para o Rolimã nesta etapa, eu também quando estava competindo usei o Steven Seagal, acho que o Paulinho vai ganhar preparo para as corridas”. Salustiano Gauchão, ainda aproveitando a tietagem dos fãs, depois da boa participação na primeira prova que lhe rendeu dividir a liderança do campeonato com o japonês supersônico, está fazendo ginástica com seu personal, nas redes sociais publicou que está mais forte e mais leve ao mesmo tempo. Gerson Kuzinheiro, na linha pelotense do amigo Gauchão, está pedalando na serra, meados de maio começa a ficar gostoso para andar de bike na terra do Contestado, amanhece todos os dias abaixo de 5ºC.

Estourou mais um grande escândalo no Kartbrasc, suspeitas de combinação de resultados para manipulação de bolsas de apostas por parte dos organizadores, estão movimentando os bastidores. Essas denúncias já estão sob investigação da Polícia Federal com a “operação Kartolão”, direcionada para o juiz Sérgio Moro. Andrei Montoya foi questionado sobre o escândalo na chegada ao kartódromo e disse “cara, eu entendo de ovo de páscoa, assim, sem cacau não tem chocolate, entendeu? Cacau e aposta, compreende? Assim, eu acho estranho alguns resultados, mas não faço parte dessa sujeira”.  Henrique Expresso machucou a pata e não conseguiu correr a 2ª Etapa, também foi perguntado sobre o esquema, “o caso do kartolão está cada vez mais grave, começou com pequenas suspeitas, e hoje, criou uma dimensão de esfera federal, eu espero que as investigações sejam efetuadas e como consequência, o impeachment do presidente”.

Parte dos pilotos faltantes da 1ª Etapa compareceram para a segunda corrida, e chamavam atenção dos curiosos. André Saito, um dos integrantes da Dinastia Saito, foi confundido na portaria com Felipe Massa, e até pela garotada que aguardavam os ídolos para pegarem um autógrafo já estavam dispensando o piloto quando a organização desfez o mal entendido, aí que os garotos foram na direção do astro. Outro estreante se tratava de Michel Cappelezzo, descendente de italianos, sonha em pilotar uma Ferrari, chegou confiante “meu objetivo é terminar a corrida”.  

A expectativa para esta corrida era muito grande, uma vez que seria disputado pela primeira vez com o sistema de largada invertida, dessa forma, Paulo Rolimã, último colocado da primeira prova, estava largando na pole position. Henrique Expresso largaria em segundo, mas devido a ausência, deu lugar para Rodrigo Angeloni. No final do grid, estavam, nada mais, nada menos, que Japonês Supersônico, Salustiano Gauchão, Heraldo Supercarros e Genivaldo Acquaman.

Os Heróis do Kartbrasc entram na pista, para delírio do público presente, primeiramente para reconhecimento do percurso e aquecimento, após, foram conduzidos ao grid histórico, conforme supracitado, o primeiro de largada com posição invertida. Bandeira de Largada agitada começa o Grande Prêmio de Joinville, Paulinho Rolimã conseguiu manter a ponta, seguido por Rodrigo Angeloni, até que na primeira curva, uma grande confusão, Angeloni rodou embaralhando a posição de vários pilotos, cedeu o segundo lugar para Alcionei Frozen, acompanhado por Alexandre Cabanhas em terceiro, Genivaldo Acqua Man, incrível, já figurava em quarto lugar. Nessa bagunça ficaram para trás Salustiano Gauchão e Giuliano Fenômeno, deixando-os em último lugar. Não demorou muito para Cabanhas, Alcionei Frozen e Rolimã serem superados pelo Japonês Supersônico e Heraldo Supercarros, deixando a disputa pela liderança entre os rivais do Kartbrasc 2013, Saito e Acquaman. Japonês Supersônico não tomou conhecimento de Genivaldo e o ultrapassou assumindo a liderança, já na quarta volta. Lá atrás, Gauchão, agravava os seus problemas, o carro “estrategicamente” apagou na terceira volta, que o possibilitou substituir o carro sem lastro. Isso foi o estopim para o início da discussão entre os mecânicos da equipe “Freio, só na cueca” do Saito, com a equipe “Mercedes” do Gauchão, um verdadeiro tumulto nos boxes, que precisou até a intervenção da segurança para conter a pancadaria. A assessoria de imprensa do Kartbrasc conversou com um dos mecânicos da Freio só na cueca, que estava indignado, “Gauchão não teve problema no carro, é marmelada, ele só fez isso para ter uma chance na corrida, lembram o que aconteceu na tomada de tempo da 1ª etapa?”. Nas posições intermediárias, Cabanhas, Montoya, Jaraguá e Esquelético, revezavam-se na sexta colocação, porém, todos esses pilotos rodaram algumas vezes, quem levou a melhor foi Andrei Montoya que terminou em sexto, seguido por Richard Jaraguá em sétimo, Cabanhas em oitavo. Juliano Saito, estreando no Kartbrasc, fez boa prova, terminou em nono. Após muitas rodadas, Bruno Esquelético não estava em um bom dia, terminou a corrida em décimo. Giuliano Fenômeno, também não se encontrou na corrida, envolveu-se no acidente da primeira curva da prova, tentando se reabilitar, ainda na terceira volta, perdeu novamente o controle do carro, afastando-se dos líderes, concluiu a prova em décimo primeiro. Nas primeiras posições, sem surpresas, Japonês Supersônico não perdeu mais a posição, terminando a corrida em primeiro, seguido por Genivaldo Acqua Man. Heraldo Supercarros passou em terceiro, porém, Gauchão sem lastro, aproximou-se perigosamente no final da corrida, quase alcançado o podium. Paulinho Rolimã, que quase se atrapalhou na 14ª volta, quando deixou os pilotos intermediários se aproximarem, segurou o quinto lugar até o final.

A cobertura da coletiva de impressa é tradição no Kartbrasc, Supersônico estava contente com a vitória, porém, tenso com as manobras do Gauchão “mais uma vez agradeço ao trabalho de equipe, mas hoje, foi bom o Gauchão não estar na sala”. Genivaldo Acquaman enfatizou a evolução “estou em ascensão, consegui andar mais forte que o Supercarros e o Gauchão, consigo me concentrar mais no Supersônico”. Heraldo Supercarros insistiu “foi sorte!!! Se eu andar entre os líderes mais duas corridas, aí sim, vou dizer que melhorei”.

Pilotos e famílias foram recepcionados na mansão do Japonês Supersônico, em festa fechada para imprensa, que com muita descontração confraternizaram mais um encontro. Ilvio Senna compareceu no evento; Cabanhas mostrou seus dotes musicais, o que se espera sucesso na carreira de piloto; Heraldo Supercarros não poupou a produção de suas supercaipirinhas; Alexandre Saito colocou no telão as filmagens das provas que participou, para ensinar o traçado para os presentes.

A próxima etapa será realizada no dia 30/05, às 16 h, também no kartódromo Joinville, expectativa de casa lotada.

  

Classificação

 

 

Posição

Piloto

Voltas

Diferença

Melhores voltas

Alexandre Saito

24

 

0:57.773

Genivaldo Viana

23

1 lap

0:58.999

Heraldo Gesser

23

1 lap

0:59.254

Salviano Silveira

23

1 lap

0:57.389

Paulo Elias

23

1 lap

1:00.105

Andrei Paza

22

2 laps

1:00.016

Richard Camacho

22

2 laps

0:59.994

Alexandre Pires

22

2 laps

1:00.005

Juliano Saito

22

2 laps

1:00.191

10º

Bruno Saito

22

2 laps

0:59.279

11º

Giuliano Guedes

22

2 laps

1:00.768

12º

André Saito

22

2 laps

1:00.042

13º

Gerson Kucarz

22

2 laps

1:00.927

14º

Alcionei Longen

22

2 laps

1:00.629

15º

Rodrigo Souza

21

3 laps

1:01.312

16º

Michel Cappelezzo

21

3 laps

1:03.861