Informações para a Prova | Classificação da Prova | Fotos

  Local: Kartódromo Internacional de Joinville;

  Endereço: R. Dorothovio do Nascimento, 2290 - Jd Sophia, Joinville - SC, 89223-600 (link Google Maps);

  Telefone: (47) 3467 - 1366;

  Data: Sábado - 30/04/2016;

  Horário: 15:00h;

  

  

 

 

 

Resumo:

Srs. (a) o kartbrasc teve uma Etapa muito movimentada e emocionante no último dia 30/04, no Kartódromo Internacional de Joinville. A disputa pela liderança do campeonato que parecia ganhar contornos de distanciamento dos favoritos, deu uma reviravolta, e colocou mais pilotos na luta. Diferente das primeiras corridas do ano, o calor cedeu um pouco, e deu lugar a uma corrida acirrada.

Quem andou aparecendo na mídia na semana que antecedeu a prova foi, Júnior Fenômeno, em uma entrevista exclusiva para Flávio Canto do Corujão do Esporte, antes de pegar o avião para a Etapa de Joinville. O piloto comentou a sua ascensão no mundo do automobilismo, a adaptação com os fãs, a cobrança e críticas da imprensa, ainda está espantado com a repercussão de seus resultados. Novato no Kartbrasc conseguiu a vaga para o campeonato devido sua relação com o Presidente, Salustiano Gauchão, em um acerto com a equipe Red Bull, até então, seu resultado mais expressivo da carreira, havia sido um Campeonato Catarinense disputado na cidade de Brusque, por isso a cúpula do Kartbrasc pensava que o piloto passaria despercebido na categoria. Para Canto disse “estou correndo para disputar o título, sempre fiquei na traseira do Gauchão, mas agora quero ir para a frente”.

Nossos heróis começaram a chegar no kartódromo, Richard, chegou quatro horas antes, estava com um pressentimento, “devo chegar em quarto”, disse à Reginaldo Leme na chegada. Na primeira e segunda etapa do campeonato, ele também chegou em quarto. Outro piloto que chegou cedo foi Paulinho Rolimã, que passa por um momento conturbado na vida conjugal, ele foi flagrado pela revista Caras em um evento da escuderia Ferrari, sozinho, segundo a revista o casal não está mais junto. Marcos Uchoâ o questionou sobre a situação, Paulinho respondeu que não comenta sobre sua intimidade, não está abalado para a corrida, quer a vitória para assumir a liderança do campeonato.

Pela formação do Grid de Largada prometia uma corrida brilhante, Andrei Montoya ocupava a pole, seguido por Alexandre Cabanhas, Leandro Fritz, Paulinho Rolimã, e os demais. Cabanhas mais uma corrida reclamava do seu peso, disse pelo rádio aos mecânicos “não tem como tirar estes 10 kg a mais de açúcar que eu carrego??”. Apesar da reclamação, quando a prova começou, desta vez, Cabanhas “segurou” seus adversários, manteve-se em segundo na largada, vendo na sua frente Andrei Montoya. A primeira volta terminou sem muitas alterações, porém, logo na segunda volta, Cabanhas rodou na curva depois dos boxes, embolando todo mundo, nessa oportunidade, Heraldo Supercarros, Salustiano Gauchão e Paulo Rolimã, passaram o Gordo, que se manteve em quinto. Leandro Fritz, que ocupava a sétima posição, ainda perto do pelotão da frente, bateu feio no “S” antes da reta principal, deslocando a costela nos pneus de trator, isso dói amigo. Andrei Montoya também rodou, perdendo várias posições, caindo para oitavo lugar. Dessa forma, a briga pela vitória estava entre seis pilotos, colados, Heraldo, Salustiano, Paulinho, Alexandre, Richard e Júnior. Os três primeiros alternavam a liderança na frente, Alexandre mantinha o quarto lugar. Acontece que a sina de Richard Quatro estava começando, fazendo a melhor volta da corrida, Quatro passou Cabanhas, que também foi ultrapassado por Júnior Fenômeno. Paulinho Rolimã que chegou a liderar a prova perdeu o controle do carro e caiu para sexta lugar, porém, rapidamente voltou para as três primeiras posições. Depois foi a vez de Heraldo Supercarros rodar, caindo para a sexta posição. Leitor, perdeu a contagem?? Segue uma revisão das posições. Salustiano Gauchão, até esse momento, estava na liderança, não havia se envolvido em nenhum incidente; seguido por Paulinho Rolimã, que apesar de alguns deslizes, recuperou as posições perdidas e continuava à caça do Gauchão; em terceiro, muito perto, estava Júnior Fenômeno, que ultrapassou Richard Quatro, esses dois ficaram até o final da corrida disputando o pódium; Em quarto, ocupava a posição, o Richard Quatro; figurando em quinto lugar, Alexandre Cabanhas; sexta posição para Heraldo Supercarros, que depois que desestabilizou, não conseguiu voltar para a ponta; em sétimo, Andrei Montoya; oitavo, Leandro Fritz; nono, Fabrício Papanduva; décimo, Anderson Motoca; décimo primeiro, James Verdureiro. A grande alteração do quadro acima, aconteceu na última volta, com a ultrapassagem de Paulinho Rolimã em cima de Salustiano Gauchão, assumindo a liderança da prova e do campeonato. As demais posições não sofreram alterações, apesar dos pilotos estarem muito próximos. Fim da corrida, a 4ª Etapa do campeonato, e os números de Richard Quatro chamam a atenção, ele terminou todas as etapas que participou neste ano em quarto lugar, agora conta com 44 pontos, classificado em quarto lugar no campeonato, um piloto de quatro, se fosse gaúcho se estranharia. O número quatro fazia sucesso, o vencedor da prova corria com o sensor 4. Não resta dúvidas que o quatro dá sorte!!!

Como sempre, a coletiva de imprensa que reuni os três primeiros colocados da corrida, começou com as considerações de Paulinho Rolimã, “hoje senti uma emoção gigante, como se tivesse descendo de rolimã na serrinha de Rio Negro. Queria mandar um beijo para meu treinador, o Lima”. Salustiano Gauchão ressaltou o equilíbrio do campeonato, “pensei que bastava dar uma “negociada” com o Saito para ganhar o campeonato, mas não é bem assim, está muito equilibrado”. Júnior Fenômeno estava um pouco distraído, trocando cartão com um repórter que bateu o carro, mas se recompôs dizendo “pesou o apelido de fenômeno, era mais confortável como mecânico, mas vou assumir a responsabilidade nas próximas provas, disputarei a liderança”.

A noite, foi a vez de Alexandre Cabanhas recepcionar alguns pilotos em sua mansão. Houve algum tumulto na portaria do apartamento, muitos repórteres e fãs souberam do encontro e ficaram postados na frente do imóvel. Salustiano Gauchão ainda apareceu na sacada e acenou para o público.

 

O próximo encontro é no dia 11/06, no Kartórdromo Internacional de Joinville, com a primeira colocação sendo dividida por três pilotos fica impossível perder a corrida.    

 

Classificação

 

Posição

Piloto

Voltas

Diferença

Melhores voltas

Paulo Rolimã

22

 

0:49.471

Salviano Silveira

22

0:01.17

0:49.508

Altair Júnior

22

0:03.98

0:49.333

Richard Camacho

22

0:05.33

0:49.242

Alexandre Pires

22

0:08.03

0:49.977

Heraldo Gesser

22

0:09.44

0:49.916

Andrei Paza

22

0:22.94

0:50.335

Leandro Fritz

22

0:24.30

0:49.968

Fabrício Gomes

22

0:31.91

0:50.283

10º

Anderson Valent

22

0:46.65

0:51.465

11º

James Santos

21

1 Lap

0:52.796